Josiane e Luciano…

Como serão os critérios de Deus para unir corações, juntar pessoas, cruzar caminhos, reunir histórias, e fazer de 2 vidas, uma única família?…

Os ensaios pré-casamento, pra gente, são oportunidades únicas, pra deixar guardado nas nossas fotografias o jeitinho de namorar de um casal… e é quando, também, reparamos os detalhes que fazem dos dois juntos, bem mais “bonitinhos”. E aí, a gente pensa que Deus sabia disso, e por saber do quanto são melhores juntos, os escolheu pra iniciar uma família.

Nossas fotografias então, começam a fazer parte da história de uma família, e das provas de que aqueles corações foram feitos pra se tornar um. Aquelas pessoas, vão muito mais longe quando estão juntas. Aqueles caminhos serão mais facilmente trilhados porque as pegadas são de 4 pés. Aquelas histórias fazem parte de um único livro, e os próximos capítulos serão mais lindos ainda.

A Josi e o Lu já são 3… Conhecemos no dia do ensaio, o Gabriel, filho do Luciano… um rapazinho lindo, muito educado, dono de olhos cheios de brilho… E nos comoveu o quanto os 3 juntos já são uma família linda! A Josiane carrega os lábios de ternura quando fala com o Gabriel… a gente vê, sem rótulos e preconceitos, que ela o carrega no coração. E o Luciano é um pai maravilhoso, desses que diz “o pai te ama” sem precisar de motivos, em qualquer lugar, até mesmo no meio do ensaio… e que diz que ama também no abraço apertado e no olhar atento.

face 1face 3face 14face 6face 7face 15face 8face 9face 10face 16face 17face 12face 18face 13face 19face 20

 

Amanda e Ítalo…

Espera-se que um grande amor apareça em uma nuvem mágica, num cavalo branco, numa guerra épica, em um vestido de princesa… Mas na maioria das vezes, eles vêm despidos de qualquer magia, sujos de um dia de trabalho, com a sobrancelha por fazer, a pé indo ao mercado perto de casa… vestidos de verdade, aquela real e crua realidade.

Tantas vezes, eles estão cobertos de problemas, alguns que parecem enormes outros que são apenas detalhes, mas juntos, todos eles, colocam em prova se o amor é grande mesmo, ou apenas uma paixonite incidente.

Aos que resistem á aspereza da dura realidade, aos espinhos e lanças dos problemas, damos-lhes os títulos de AMOR PRA VIDA TODA! E estes sim, estão lindamente fadados ao felizes para sempre dos contos de fadas.

O que a maturidade ensina, à duras penas, diga-se de passagem, é que cada golpe de realidade com faturas de cartão, gotas de suor, raiz por pintar, cravos no nariz… fazem daqueles dois seres que estão na fila da vivência do grande amor, íntimos cúmplices!… e à prova da intimidade só se passa quem quer viver realmente minimamente ligados para sempre!

A segunda lição da maturidade, é um pouco mais dolorida. Aqueles problemas travestidos de placas PARE, capazes de desfazer qualquer relacionamento preguiçoso… problemas de diversos tamanhos e espécies, tal como o bioma brasileiro, faz de dois mortais, amigos imortais… e o amor presente na amizade verdadeira é imortal!

Se for possível somar à intimidade e à amizade, o desejo que faz brilhar os olhos, arrepiar os braços, gelar o estômago e queimar o coração… ah… a estes sim, podemos entregar a faixa de “sucumbidos a um grande amor”!

face 1face 2face 3face 4face 5face 6face 7face 8face 9face 10face 11face 13face 14face 15

Amanda e João Vitor…

Talvez, só de olhar os dois, você pense que são tão novinhos pra enfrentarem um casamento… Mas, com certeza, se olhar de pertinho, vai enxergar um amor maduro, cheio de cuidado recíproco e com um respeito mútuo invejável…

Amanda é uma menina doce… poucas palavras… mas completamente segura de si.

João é um cara guerreiro… batalhador… amável em todos os grandes sentidos da palavra… e completamente seguro de si.

E, junto deles, temos a plena certeza que são completamente seguros do sentimento que os une… eles são completamente (de uma forma tão adulta que precisava ser ensinada por aí) seguros do amor que sentem um pelo outro.

É calmaria… É brisa… É certeza… É paz… É amor de verdade!!

Nosso ensaio foi na cidade que o João Vitor nasceu e cresceu, na cidade de Goiás. Uma cidade linda, cheia de história, cheia de história dele!! Uma tarde quentinha, muito tranquila, muita conversa (menos da Amanda que quase não fala), muito sorvete da praça do Coreto pro Thiago, e recheada de fotos lindas… que nem eles!!

face 1face 2face 3face 4face 5face 7face 8face 9face 10face 11face 12face 13face 14face 15

Isabella e Thiago…

Eles são de Goiânia, tem uma história cumpridinha já, trabalham juntos, e foram, juntos, transferidos para o Pará. O Thiago foi obrigado a desenrolar a Isabella… rsrsrsrs… Marcaram a data do casório, e, mesmo de longe, estão organizando todos os detalhes! E no meio de tudo isso… eles foram transferidos de novo, agora pra Manaus.

Desde quando fechamos nosso contrato, a Isabella nos marca e manda algumas indicações do que ela queria no ensaio deles, e aí, fomos ralar muito pra decidir onde fazer as fotos. Fomos pra Vila Propício, uma cidadezinha charmosa no interior, onde a Isabella mesmo já havia pesquisado.

A ida foi uma aventura! Rali! Horas e horas de uma estrada muito doida que o GPS queria muito que a gente desbravasse… E chegando lá, bem tarde já, conseguimos convencer a Dona Lia, única guia da cidade a nos levar em pelo menos uma caverninha… (minuto de silêncio pros imbecis que vandalizaram a caverna), depois corremos pro Lago Azul, uma nascente cristalina de água na região, pra pegar o restinho de luz do sol… e nessa acabamos entrando numa propriedade alheia, pulando cerca e fazendo foto porque a gente não é de ferro!

Os ensaios são momentos importantes pra nós, pro nosso trabalho no dia do casamento. É quando a gente se aprochega do casal, conhece, quebra clima, sente clima… e participa da história deles! É quando a gente os vê através das nossas lentes e dos nossos corações também!

Neste ensaio a gente viu CUMPLICIDADE! É incrível e lindo a forma com que eles se ajeitam pra complementarem um ao outro. Parece até bem simples pra eles o tal do “ele completa ela e vice-versa…”. Na camisa esquecida em Manaus… Nas unhas sendo feitas na estrada… Nos buracos e garranchos do rali da ida… Na correria pra pegar luz na caverna… Nos morcegos das cavernas… Nas frases que a Isabella disse pro Thiago no meio da plantação alheia… Na água clarinha e límpida do Lago Azul… Na fome e no cansaço da volta… Na doçura sem exagero… Na sinceridade do abraço… Na companhia revelada ao dar às mãos… No certeza de pertencer ao olhar um do outro… Nas fotografias deste ensaio…

face 1face 3face 4face 5face 6face 7face 8revelar 14face 9face 10face 11face 12face 13

Marianne e Ângelo…

A Marianne e o Ângelo fecharam contrato com a gente em fevereiro de 2016, exatamente no dia do aniversário da Anna. O casamento deles seria em agosto daquele mesmo ano, e a Marianne estava empolgadíssima para o casamento.

Os preparativos estavam à todo vapor, fornecedores contratados, tudo praticamente pronto, até que alguns meses depois o Ângelo ligou pro Thiago e contou que a Marianne havia sido diagnosticada com câncer de mama, e por isso eles teriam que adiar o casamento.

Nos encontramos poucas semanas depois do telefonema do Ângelo e ele disse pro Thiago: “- Por mim não precisaria adiar o casamento. Casaríamos em agosto mesmo. Eu não me importo se ela não vai ter cabelo, se estará mais magra… pra mim, ela é linda de todo jeito!”

O Thiago sentiu aquele nozinho na garganta… e teve certeza de que fotografaríamos um casamento lindo desses dois, só não sabíamos ainda quando…

Menos de 1 ano depois do contrato fechado, a Marianne nos avisou da nova data, da retomada dos preparativos… e pelo jeitinho, podíamos sentir nas entrelinhas da mensagem do celular, que a animação estava de volta!!

E, assim que ela percebeu que já estava prontinha da silva… marcamos o nosso ensaio! Que também foi o dia que ela voltou a trabalhar…

Fizemos um dos ensaios mais lindos das nossas vidas… Tudo parecia saber que não estávamos fotografando só um casal prestes a se casar… Mas um casal que viveu o “na saúde e na doença” antes do “sim”… Um casal que se ama muito além das aparências… Um casal que teve a data do seu casamento marcada por Deus!

Já nas últimas fotos, o sol praticamente já havia ido embora… Uma brisa gostosa beijava o nosso rosto, como se Alguém quisesse nos avisar que estava ali conosco… Uma fresta de luz amarelinha ainda iluminava o rosto deles… Envolto por tudo aquilo que vivemos durante todo o ensaio, o Thiago disse pra eles falarem com Deus se sentissem vontade, já que estavam de olhos fechados… e a Marianne respondeu: “- É isto que estou fazendo… estou agradecendo…” Ainda de olhos fechados…

Arrepiados, literalmente, e com os corações cheios de gratidão por estarmos fotografando aquele momento, também elevamos nossos pensamentos pro céu… na certeza do privilégio de estarmos ali, naquele lugar, transformando aquela emoção em imagens…

face 1face 2face 3face 4face 5face 6face 7face 8face 9face 10face 12face 13face 14face 15

Thayla e Jorge…

Quebramos um pouco a cabeça na hora de escolher o local pra este ensaio… Porque os dois faziam questão de algo que fosse a cara deles, e não só um local legal que muita gente tem fotografado. Fotografamos no ITA, um parque de diversões que está em Goiânia, mas de um jeitinho todo deles… bem massa!!!!!

Combinamos no fim da tarde, e caiu um pé dágua horroso!!! Onde a Thayla estava se arrumando choveu granizo! E não teve jeito, atrasamos um pouquinho o horário de começar e de terminar… Mas, mais uma vez, Deus só queria que a gente confiasse que Ele sabia o que estava fazendo… Porque entramos a noite fotografando, e as luzinhas do parque deram um charme todo especial pro esqueminha deles.

E sabe aquilo que a gente ama fazer? Botar reparo nos casais??? Então, sabe o que a gente descobriu? Que os dois foram feitos em formas bem parecidas!! Como eles se completam! Como eles combinam… Um continua no outro… e isso é muito massa de ver! Mas mais massa ainda de fotografar!!

E que… onde vocês não se completarem, Thayla e Jorge, seja como o parque de diversões a noite… Mesmo que a gente não consiga ver tudo, fica sempre mais bonito porque nem todas as luzinhas são iguais… muitas são bem parecidas mas as cores delas, podem não ser! E juntas, algumas iguais, outras diferentes, fizeram a beleza do nosso ensaio!!!

face-1face-2face-3face-4face-6face-7face-8face-9face-10face-11face-12face-13face-14face-15

Grazi e Cris…

Este ensaio foi um desafio muito grande pra nós… Mas foi um privilégio ainda maior!!!

A Grazi é fotógrafa, irmã de fotógrafo e sobrinha de fotógrafo… Pensa no quanto ficamos honrados aos sermos escolhidos por ela para sermos os responsáveis pelas fotografias do casamento… E no quanto a nossa barriga tem esfriado quando pensamos nessa responsa.

Mas antes do casório tem o… ensaio! E… no caso dela, o Trash-The-Dress. Há muito tempo não fazemos um trash… Que nada mais é que um ensaio com o casal vestidos de noivos, e em locais que uma pessoa, normalmente, não iria com um vestido de noiva… Numa estação de trem-de-ferro sujismunda… Entrar numa cachoeira… Ou subir no Pico dos Pireneus.

O fotógrafo do Trash era o tio dela… o assistente era o irmão!… Pensa no quanto estamos nervosos pensando que todos estes profissionais muito massa, vão ver nossas fotos também… e fotografando a cuti-cuti da família, que está se casando!!! Entenderam o desafio???

Tentamos não deixar o nervosismo e a expectativa atrapalhar o nosso trabalho, que é transformar um cadinho da emoção dos casais em imagens. E nos deixamos levar por aquele momento tão especial, de um dia inesquecível na vida da família toda… mas mais ainda do casal… a Grazi e o Cris.

O Cris é um cara leve, deve ser daqueles que tem um milhão de amigos… violeiro, torcedor do Galo… e engraçado! Rimos muito dele… Mas o mais bonitinho é a forma com que ele cuida da Grazi. De uma forma natural, sem exageros, como se cuidar dela fizesse parte da fisiologia dele… não precisa forçar… o cuidado com ela é dele, pronto.

A Grazi toda preocupada, ansiosíssima com o ensaio, com os detalhes do casamento, que ainda está um pouco longe, mas como o Cris mora fora, têm que ser feitos com antecedência. E no meio daquela ansiedade para que o ensaio saísse como ela imaginou, mesmo o cílio caindo, manchando a maquiagem e o vestido com a cola do cílio, o medo de não pegar o por do sol em cima do Pico… ela se deixava perder no olhar do Cris… Como se o olhar dele fizesse parte da fisiologia dela… sem forçar… o olhar dele é dela, pronto.

E foi assim… envolvidos pelo desafio e pelo privilégio que era fotografar este ensaio, e embalados pelo cuidado do Cris e pelo olhar da Grazi, voltamos pra casa com um monte de fotografias registradas nos cartões e a certeza de que nós amamos o nosso trabalho… Fotografar o amor é o combustível das nossas vidas!

face-1face-2face-3face-4face-5face-6face-7face-8face-9face-10face-11face-12face-13face-14

Marina e João Paulo…

Combinamos o ensaio com antecedência… demos sugestões do local… a Marina escolheu cuidadosamente cada look. E… choveu! Saímos de Goiânia com o tempo aberto, mas quando chegamos em Pirenópolis… Choveu horrores!!!!

Almoçamos na cidade, e, não muito tranquilamente, subimos o Morro dos Pireneus até chegar ao Pico, o segundo ponto mais alto do estado de Goiás… e chegando lá… dá-lhe chuva!!! E ainda tinha a trilha que precisávamos subir a pé… não era difícil, se não tivéssemos equipamento, vestido e camisa branca, noiva descalça… e chuva!! Muuuita chuva!!!

Ficamos dentro do carro esperando a chuva passar… Ás vezes o Thiago ouvia um trovão, e a Anna logo dizia, não foi um trovão… rsrsrs… o João Paulo via o céu abrindo pro lado do Pico dos Pireneus… e a Marina não queria falar muito neste assunto de chuva. Mas deixava claro, o tempo todo, que ela estava pronta pra sair do carro a qualquer momento… Só tinha um probleminha… o cabelo… estava numa escova ondulada… lindo de viver!!!

Aí, pegamos um guarda-chuva pra ela, e subimos… algumas escorregadinhas leves nas pedras, mas nada que nos fizesse desanimar… afinal de contas… com neblina, muitas nuvens, e um céu muito cinza… a vista ainda era linda!!!

A escova ondulada não sobreviveu à subida na chuva, nem debaixo do guarda-chuva, que desistimos de usar… Fotografamos, molhamos, rimos, e admiramos a vista… E saímos correndo, tínhamos que pegar a cachoeira aberta! Lá parou de chover!!! Mas eles iam se molhar mesmo assim! Nem precisava também!! A Cachoeira do Abade é linda demais… poderíamos ter passado mais tempo lá, se não tivéssemos sido convidados a nos retirar por causa do horário… rsrsrsrs

Terminamos nosso dia no Mirante do Ventilador… Mais uma vez! Sem dúvida, é um dos nossos locais preferidos pra fotografar em Goiás! E… mais tempo dentro do carro esperando a chuva passar, e o céu abrir um tiquinho… Nessa altura do campeonato, a Mariana já nem lembrava da escova ondulada… O João já tinha nos contado um monte de coisas do namoro dos dois… Sabia que a primeira vez que a Marina viajou pra São Paulo pra conhecer a família do João ela passou mal??? E que foi o chefe do trabalho deles, na época, o cupido que os apresentou???

A chuva deu uma tréguazinha, o céu abriu o suficiente pra fazer uma imagem linda demais!! E terminarmos nosso dia de ensaio… que foi tão especial!!

É incrível como Deus sempre nos ensina alguma coisa cada vez que vamos fotografar… Não pensamos em desistir nenhuma vez… Nós colocamos sacolas em volta das câmeras… a Marina não se importou em perder a escova ondulada… o João Paulo deu a mão pra ajudá-la a subir o Pico… E tivemos um ensaio lindo e cheio de história pra contar…

Marina e João Paulo… encarar as chuvas da vida de frente, e juntos… deixando os detalhes pra Deus cuidar e focados no objetivo, faz cada pingo dágua que caiu no rosto valer a pena… Que estas fotos sirvam, não só pra lembrar do quando são lindos, e de todas as aventuras desse dia tão especial que passamos juntos, mas também, pra dar coragem de seguir em frente mesmo quando o céu tá carregado de nuvens de chuva e é preciso molhar pra alcançar o que se quer…

E que venha o casório!!!

face-1face-2face-4face-10face-5post-1face-6face-7face-8face-9face-11face-12face-13

Mariana e Ricardo…

Sobre realizar sonhos…

Não sabemos exata e detalhadamente quais eram os sonhos que moravam dentro do coração da Mariana… Mas temos certeza que construir uma família linda, como a que ela foi criada, era um deles.

E enquanto a Mariana sonhava aqui, outro coração sonhava um sonho parecido, lá em Vitória da Conquista…

E Deus, que é o melhor realizador de sonhos, provou que o que diz na sua palavra é bem verdade… “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR, porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos. Isaías 55:8 e 9

Pros nossos caminhos, Goiás e Bahia são tão longe… pros caminhos dEle é o espaço ideal pra se formar a família dos sonhos da Mari e do Ric!

Nós conhecemos a Mariana há vários anos, e quando ela nos contou que ia se casar e que queria a gente pra fotografar o casamento dela, nós ficamos felizes demais! Porque a chance de registrar momentos felizes de pessoas especiais é verdadeiramente privilégio divino! E ilustrar com as nossas fotografias, um sonho realizado, é um presente de Deus!!

Como já contamos o Ric é baiano, e esta é a última vez que ele vem a Goiânia antes do casório… Não podíamos perder esta chance, marcamos logo o ensaio porque, além de querer fazer as fotos, nós estávamos loucos pra conhecer o noivo da Mariana… A gente tinha que aprovar!!!

E você? Tem sonhos?…

face-1face-2face-3face-4face-5face-6face-7face-8face-9face-10face-11face-12

 

Mariana e Jônatas…

Foi uma tarde muito especial!

Pra variar, Deus caprichou na luz!

E os dois são tão carinhosos um com o outro, que as fotos fluíram naturalmente com muito carinho!!

Fizemos as fotos na casa do noivo, e no fim ainda ganhamos um lanche maravilhoso, com direito a bolo de chocolate saindo do forno… E o melhor? Um bate papo muito legal! E a gente gosta tão pouquinho de conversar, né?

Mas não foi só o lanche e o bate papo que fizeram este ensaio especial… Mas este casal!

Já encontramos muitos tipos de casais, e cada um, em sua particularidade, nos ensinaram alguma coisa… Com estes dois aprendemos muito! Aprendemos sobre fé…

Não temos dúvida alguma que o laço mais forte entre os dois é a fé que eles têm, é a certeza de que os caminhos deles se tornarão um só porque o maior Escritor de histórias de amor escreveu a história deles assim! Eles se amam porque Deus os amou primeiro…

face-1face-3face-4face-5face-6face-7face-8face-9face-10face-11face-12