Aryanny e Célio – O Casamento

O noivo parecia muito mais nervoso que a noiva… ele se arrumou em casa, ela, na casa da irmã… e junto dos dois, cada um no seu cantinho, as famílias se faziam tão presentes, que a gente sentia, mesmo antes de sair dos making ofs o clima de CASAMENTO, duas pessoas maravilhosas formando uma família.
E a família apoiou de todo jeito… nos afazeres, nos detalhes do casamento, nos bombons, nos porta-retratos, no brinco, no carro… isso faz tudo ter muito mais sentido, muito mais valor, muito mais carinho!!
Cheios de emoção, vimos o sol se por sob olhares e sorrisos de um pro outro… namorados, agora casados, felizes e abençoados… por Deus e por cada convidado que demonstrava na expressões dos seus rostos o quanto desejavam a felicidades destes 2…
Editamos as fotos sorrindo… sorrindo e agradecendo à Deus o privilégio de participar de um momento tão singular…

face 1
face 2

face 3

face 4
face 5

face 6
face 7

face 8

face 9

face 10

face 11

face 12

face 13

face 14

face 15

face 16

face 17

face 18

face 19

face 20

face 21

face 22

face 23

face 24

face 25

face 26

face 27

face 28

face 29

face 30

face 31

face 32

face 33

face 34

face 35

face 36

face 37

face 38

face 39

face 40

Anúncios

Clara e Edu – O Casamento

Sem dúvidas o casamento mais difícil que eu já fotografamos até hoje… Estamos com um frio na barriga enorme começando a escrever este post, e este frio na barriga nos acompanhou desde o início do making of com a câmera na mão até o tratamento das fotos que escolhemos para postar. Porque além de ser nosso trabalho, e sempre queremos fazer o melhor possível, é pra um casal muito especial… que curtem fotografia… e que, realmente, achamos que mereciam ter este momento fotografado pelos melhores do mundo, porque eles merecem tudo de melhor que o mundo pode oferecer. Então, aqui estamos nós… postando o nosso melhor… vixe…
Precisávamos escolher, no máximo 30 fotos, e foram 50. A primeira escolha eram mais de 100. Tentamos filtrar pro post não ficar enorme. Mas nós precisávamos contar os detalhes do casamento mais emocionante que já fotografamos até hoje.
Vou começar te contando que a Maria Clara ( “sobrinha postiça” e amiga do coração da Anna), sempre disse que queria casar com um cara mais velho que ela, tatuado e de barba. Ela conheceu o Eduardo pelo facebook, e ele “apaixonou” logo… ele acha que a Anna não viu, mas tem uma foto dela tatuada no braço dele, e fui a Anna quem tirou a foto no primeiro ensaio que ela fotografou na vida, dias depois que a sua primeira câmera chegou. E pelo que sabemos, a tatuagem foi feita quando eles ainda nem eram namorados. (Queremos te dizer que vale à pena descrever o seu “menino” pra Deus!!!! Viu, meninas??)
Agora, vamos ao casamento:
O sapato dela era de lantejoulas douradas, o dele, um tênis preto.
O vestido dela era off white com um véu antigo estilo medieval, lindo demais, ele casou de terno e gravata borboleta branca.
Todas as madrinhas estavam elegantemente vestidas de preto e o bouquet dela, era de calas negras.
O primo dela, uma criança especial demais, foi o primeiro a entrar e declamou uma poesia linda, na sua cadeira, com um balão de coração balançando, um tanto nervoso, conseguiu com facilidade tirar lágrimas de muitos olhos ali.
Depois que ele entrou, a melhor amiga dele e madrinha do casamento, o descreveu brilhantemente e desejou o que de melhor tinha no coração ao casal.
Enquanto ela entrava, ele segurava uma placa: Lá Vem o Amor da Minha Vida. Enquanto segurava a placa, os olhos dele brilhavam e a Anna, que estava perto, podia sentir uma respiração profunda e lenta, como se quisesse que o resto do mundo todo assistisse o amor da vida dele chegando…
Depois que ela entrou, o pai dela, antes de entregá-la, disse palavras lindas e declamou Vinícius de Moraes e Apóstolo Paulo, com emoção capaz de tremer a voz de um palestrante tão experiente.
O pastor, que havia feito o casamento dos pais dela (um casamento no teatro Martim Cererê, com a noiva de vermelho, que virou notícia na cidade), começou o casamento dizendo que achava que este seria um casamento “normal”, mas que já tinha percebido que não… rsrsrsrs
Ela cantou pra ele… lindo, como ela sempre faz… e enquanto ela cantava, ele se derretia, não em lágrimas, acho que elas não caberiam em tantos sorrisos, suspiros e olhares extasiados de tamanha admiração.
Os votos foram feitos por eles mesmos… Ele escreveu e descreveu em uma prosa linda, o que tinham vivido até ali. Ela leu um poema, que desde a adolescência havia separado pra que fosse os votos do casamento dela, com o tal homem tatuado e barbudo. Enquanto ela fazia seus votos, a mãe dela não aguentou e deixou que as lágrimas viessem, lágrimas de admiração e auto-reconhecimento por ter dado conta de criar e educar uma mulher tão especial, que agora já fazia especial o início da sua própria família.
Depois dos votos, a melhor amiga dela e madrinha do casamento, a descreveu… segredou detalhes… e emocionou a noiva (a Anna também, ela chorou!!) com os desejos da melhor e maior felicidade do mundo.
Antes das alianças, ela  falou pro pastor: “Pastor, espera um pouco que eu vou tirar o meu sapato…” E tirou, e terminou o casamento descalça sem perder a elegância de quem calçava um escarpan de lantejoulas douradas.
A decoração estava à cara deles… leve e colorido na cerimônia, marcante e dourado na festa, mas sempre com um ar vintage e medieval. Queríamos ter postado muitas fotos da decoração, porque tinha o dedo dela em cada arranjo das mesas, a maquete do bolo parecia ter saído dela, as cadeiras do altar tinham a inspiração dela… Nunca havíamos visto uma decoração que transmitisse tanto a personalidade da noiva assim…
A festa correu pra cima, como eles são. Pessoas queridas demais, quando se casam, estão sempre rodeadas de gente querendo abraço, desejando felicidade e contando histórias emocionantes…
Nós trabalhamos, fotografamos, emocionamos, festamos, nos divertimos pra caramba… porque este casamento também marcou as nossas vidas…

face 1 face 2 face 3 face 4 face 5 face 6 face 7 face 8 face 9 face 10 face 11 face 12 face 13 face 14 face 15 face 16 face 17 face 18 face 19 face 20 face 21 face 22 face 23 face 24 face 25 face 26 face 27 face 28 face 29 face 30 face 31 face 32 face 33 face 34 face 35 face 36 face 37 face 38 face 39 face 40 face 41 face 42 face 43 face 44 face 45 face 46 face 47 face 48 face 49 face 50

Jordana e João Vitor

Sabe o que é E-Session??? O “E” vem da palavra “engagement” que significa noivado em inglês. O E-session nada mais é do que uma sessão de fotos dos noivos que irão se casar em muito breve. Aqui no Brasil, as fotos deste ensaio podem ser usadas, não só pra lembrar destes últimos dias de noivado, mas também para decorar o casamento.
Mas pra nós, é muito muito importante, porque são nestas horinhas juntos que consigo entender e captar um pouquinho do casal. E esse casal foi bem especial.
Nosso ensaio foi super leve e descontraído, e ainda contamos com a presença do André Nascimento, que será o vídeomaker da cerimônia. A Jô e o JV aproveitaram e pediram pro André fazer o clip Save The Date deles junto com o ensaio. E as cenas boladas pelo noivo eram divertidíssimas!! O que fez ainda mais o clima massa da nossa sessão de fotos. Nos divertimos horrores!!!
Desde quando fechamos o contrato, percebemos que eles eram cheios de idéias… e diferente da maioria dos noivos, o João Vitor também estava empolgado com as fotos. E a Jordana, quase deixou a medicina pra virar artesã!! Ela própria fez o buquet e a coroa de flores, os quadrinhos e o pó colorido… E ficou tudo lindo!!!
Enquanto editávamos as fotos ficamos pensando na importância de cada doido achar o seu par maluco beleza… neste “e-session” entendemos o que a Clarice Falcão queria dizer com “a sua loucura parece um pouco com a minha…”
Esse 2 loucos lindos foram feitos um pro outro!!!
É bem legal como eles se conectam, se complementam, se entendem, e principalmente, se divertem.

face 1 face 2 face 3 face 4 face 5 face 6 face 7 face 8 face 9 face 10 face 11 face 12 face 13 face 14 face 15 face 16 face 17 face 18 face 19

Karla e Joaquim – Ensaio

A tal da cumplicidade é um troço muito louco… Se alguém comete um assassinato e você ajuda a esconder o corpo, você é cúmplice. Se alguém te pede cola na hora da prova e você afasta o corpo um pouquinho, você é cúmplice. Se alguém namora escondido e você não conta pra ninguém, você é cúmplice. Se alguém confia em você, cegamente, à ponto de pedir qualquer uma dessas coisas, você é cúmplice.
E ver a Karla e o Joaquim juntos… é ver o que é cumplicidade.
Eu li uma vez que a gente deve casar com um amigo, com quem a gente gosta de conversar. Porque no passar dos anos é o que mais vai ser importante, cada dia mais, ter um amigo pra conversar. E é bem isso que vemos ao olhar pros dois. Eles são amigos pra caramba!  Meio brothers… hahahaha… sem perder o romantismo, é claro!
Fomos pra Cachoeira de Santa Maria, em Pirenópolis, e terminamos assistindo o por do sol em cima do Morro dos Pireneus… um dos nossos locais preferidos pra assistir o por do sol. Muita ladeira, muita água fria, muita muita muita poeira… e muita foto linda!!!
Demoramos mais pra escolher as fotos pra postar que pra editar, acredita???

face 1 face 13 face 12 face 11 face 10 face 9 face 8 face 7 face 6 face 5 face 4 face 3 face 2

Aryanny e Célio – Ensaio

Uma das melhores coisas ao fotografar um ensaio pré-casamento é tentar perceber os olhares, os carinhos, o jeitinho do casal… por isso que a gente gosta tanto de interferir pouco e deixar namorar mesmo. Talvez os beijos não fiquem tão plásticos, mas são tão de verdade… a forma que ela olha pra ele, o jeitinho dele arrumar o cabelo dela, as risadas quando eles esquecem que estão sendo fotografados e conversam como fazem todos os dias…

A Aryanny e o Célio começaram com um pouquinho de vergonha da gente, mas depois ficaram mais tranquilos e namoraram mesmo… e namoram lindo assim…

Registrar estes momentos, estes detalhes, estes “trejeitos” é parar o tempo… é deixar um “documento” mostrando pra sempre, o quanto namorar é bom, que o carinho deles começa no coração e depois vai pras mãos, que a admiração que sentem um pelo outro começa na alma e salta pelos olhos. No futuro, se por acaso, os problemas e a rotina tentarem afogar as coisas boas, eles podem olhar as fotos e lembrar que eles não namoraram pra casar, mas escolheram se casar pra namorarem pro resto da vida!!!
Porque, fala sério… esses dois nasceram pra ser namorados!!! Pra sempre namorados!!!
face 1 face 2 face 3 face 4 face 5 face 6 face 7 face 8 face 9 face 10 face 11 face 12 face 13 face 14 face 15

Chá-Bar Clara e Edu

É… a Anna pagou mico! Mas a Maria Clara deu um golpe extremamente baixo… o dia que ela e a mãe dela foram ao escritório fechar o contrato, elas fecharam junto, no pacote, as fotos do Chá-Bar. E a mãe dela pediu pra que a Anna fizesse uma palhaçada (ela tentou avisar que não é mais engraçada nessa vida…), a Kátia pediu de um jeito tão meigo que já começou a quebrar a Anna no meio, aí a Maria Clara olhou com uma cara de cachorro sem dono, a cabeça meio baixa e os olhos verdes horrorosos mirados na cara dela… é baby… ela foi!
Foi sem graça… a Anna tá véia já… Mas foi tatuada de canetinha, piruca ruiva, e saiu nas fotos… isso se chama prova de amor! Hahahahaha
Uma festa massa, muito descontraída, com um povo leve, sem mimimi! Eu gosto é disso!
E o bom desse tipo de evento é que muita gente ajuda… fica pedaço de amor num monte de coisas, que muita gente colocou a mão pra ajudar…
Quem fotografou foi o Thiago… a Anna só fez uma fotinha quando ele quis ir brincar pra trolar o Edu e a Clara também… inclusive, Maria Clara, o joelho era dele! Hahahahaha…
Fotografar quem a gente ama é mais fácil, gente massa e sem frescura é mais fácil ainda, e gente massa e sem frescura que a gente ama é de boa demaaaaais da conta! O Thiago já tinha dito isso no dia do ensaio deles, e quando estávamos indo embora do chá ele repetiu…

face 1 face 3 face 4 face 5 face 6 face 7 face 8 face 9 face 10 face 11 face 12 face 13 face 14 face 15 face 16 face 17 face 18 face 19 face 20 face 21 face 22 face 23

Clara e Edu – Ensaio

Estou há alguns minutos olhando pra tela desse computador sem saber bem o que escrever. Esse ensaio foi tão cheio de significados pra mim… rsrsrs…
A Maria Clara é minha sobrinha do coração, e, junto com a Amanda, foi minha primeira modela fotográfica profissa… rsrsrs… Na mesma semana que minha primeira câmera chegou nós fizemos um ensaio muito atrapalhado mas cheio de fotos lindas, porque elas são muito lindas e é quase impossível fazer fotos feias com elas. E além de me emprestar a imagem dela pra eu treinar, ela me deu força demais… e por gostar muito de fotografia, sempre me mostrou novas referências, me deu toques legais… e fotografá-la, agora, sério mesmo… deu frio na barriga sim! Estou aqui escrevendo e pensando se ela vai gostar das fotos… rsrsr
Mas tem mais… eu acompanhei a história dela com o Eduardo desde o início, sei que eles se gostam pra caramba. Só que, eu sou tia, cára… precisava ver como é que é esse negócio direito. E nesse ensaio… o Eduardo tem 1,90 de paciência e carinho! O jeito que eles se olham… o jeito que ele olha pra ela mesmo quando ela não está vendo… É… a tia abençoa! E que o Pai do céu os ajude a sempre se olharem assim… até quando estiverem bem velhinhos, que vocês se encontrem no olhar um do outro.
E… ainda tem outra! Eu fiz esse ensaio com o Love!! Com eles, justamente com a Maria Clara de novo, eu estou recomeçando. Eu e o marido, Thiago, estamos com um projeto massa demais. Um casal fotografando casais. Estamos nos empenhando ao máximo, estudando, aprimorando, equipando, pra sermos fotógrafos de casamento, mais que isso fotógrafos do amor. Love’s Photographers!!!
Fomos nós 4 pra Brasília… porque um ensaio no campo ao entardecer não combinaria com o “estilo” massa desses 2! Conversamos muito! Andamos até! E terminamos no Mc Donald!
Tive dificuldade de escolher as fotos pra postar, mais uma vez… Porque eu queria tentar traduzir um tiquinho deles juntos. Acho que eu consegui!!

face 1-2

face 2-2

face 3-2

face 4-2

face 5-2

face 6-2

face 7-2

face 8-2

face 10-2

face 11-2

face 12-2

face 13-2

face 14-2

face 15-2

face 16-2

face 17-2

face 18-2

face 19-2

face 20-2

face 21-2

face 22-2

face 23-2

face 24-2

face 25-2

face 27-2